Sobre o Programa
About the Program


Área de Concentração: Processos Jornalísticos

A área de concentração - estruturada em duas linhas de pesquisa (LP1: Processos de Produção Jornalística e LP2: Processos Jornalísticos e Práticas Sociais) - busca contemplar tanto aspectos voltados à epistemologia do Jornalismo, com bases teóricas e conceituais situadas nas dinâmicas, rotinas produtivas e aspectos da produção midiática, quanto às relações do Jornalismo com os demais campos do conhecimento, valorizando as interfaces da comunicação com as representações sociais. As duas linhas de pesquisa convergem no estudo das dinâmicas internas e externas do Jornalismo, oferecendo olhares distintos, e complementares, na observação dos fenômenos (comunicacionais) jornalísticos.

 

Histórico

O Programa de Pós-Graduação (Mestrado) em Jornalismo da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), área de concentração Processos Jornalísticos, foi autorizado pela Capes em 2012 (Proposta APCN 7334), iniciando as atividades no primeiro semestre de 2013.

A aprovação do Programa foi resultado do processo de consolidação do Curso de graduação em Jornalismo da UEPG, existente desde 1985, que possui destacada atuação na área da Comunicação pela trajetória em defesa da qualidade da formação superior, pela atuação do seu corpo docente em pesquisas em Comunicação e pelo nível de envolvimento e participação na comunidade local por meio de projetos e ações extensionistas e de apoio à mídia comunitária e cidadã.

O Programa de Mestrado em Jornalismo, primeiro da área no Paraná e segundo do Brasil, reconheceu desde o início o desafio de integrar a pós-graduação e a graduação, mantendo linhas de pesquisa com participação expressiva de estudantes de iniciação científica e pesquisadores voluntários. Do mesmo modo, sem desconsiderar a trajetória no ensino da graduação, tem promovido a integração entre ações de pesquisa e extensão, de modo a qualificar as reflexões em torno das experiências de produção jornalística e inserção na comunidade local.

 

Revistas

O PPG Jornalismo aposta em ações de difusão científica ao editar três periódicos especializados na área. A Revista Internacional de Folkcomunicação (disponível em http://www.revistas.uepg.br/ ), editada na UEPG desde 2004, é produzida pelo Programa de Mestrado em Jornalismo da UEPG, em parceria com a Rede de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação (Rede Folkcom) e Cátedra UNESCO/UMESP de Comunicação. Com periodicidade semestral, a Revista Internacional de Folkcomunicação possui conceito Qualis B-3 e é publicada nos meses de abril, setembro e dezembro.

Outra publicação é a Revista Pauta Geral - Estudos em Jornalismo ( http://www.revistas2.uepg.br/index.php/pauta ). Criada em 2014, com periodicidade semestral, a publicação objetiva divulgar estudos e pesquisas em Jornalismo, seja como resultado de investigação concluída ou em andamento, buscando o fortalecimento do campo jornalístico também em nível de pós-graduação no Brasil.

O PPG Jornalismo também tem participação na editoração da Revista Brasileira de História da Mídia ( http://www.ojs.ufpi.br/index.php/rbhm/index ), que tem como objetivo principal divulgar pesquisas que enfoquem a relação mídia e história de forma a incentivar a pesquisa nesta área do conhecimento. A revista é uma publicação da Associação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia e possui periodicidade semestral, sendo avaliada como B-2.

O Programa registra atuação junto às principais entidades científicas do país e tem investido em parcerias com outras instituições de ensino no Brasil e no exterior para fortalecimento das pesquisas desenvolvidas pelos grupos.

 

UEPG e a região

A Universidade Estadual de Ponta Grossa completou 46 anos de existência em 2016. A instituição está localizada na região Centro-Sul do Estado e abrange 22 municípios em sua área de influência. A UEPG foi criada pelo Governo do Estado do Paraná, através da Lei n. 6.034, de 6 de novembro de 1969, e Decreto no 18.111, de 28 de janeiro de 1970. É uma das mais importantes instituições de ensino superior do Paraná. A UEPG mantém, atualmente, 40 cursos de graduação nas mais diversas áreas de conhecimento e 35 programas de pós-graduação, sendo 25 em nível de mestrado (22 acadêmicos e 3 profissionais) e 10 de doutorado.

O Programa de Mestrado em Jornalismo revela sua importância no contexto da instituição e da qualificação acadêmica na área ao considerar um quadro de desenvolvimento científico que contempla os seguintes aspectos:

a) a qualidade do ensino superior (graduação e pós-graduação) na UEPG;

b) a demanda de profissionais formados em Comunicação por ano no estado do Paraná (cerca e 550 profissionais ao ano);

c) deste total de profissionais graduados por ano no Paraná, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado estima que 450 são jornalistas formados pelas 22 Instituições (IES) que mantêm cursos de Jornalismo no Paraná;

d) a localização geográfica e o eixo temático dos programas de pós-graduação em Comunicação no Estado (quatro programas nas seguintes instituições: Universidade Tuiuti do Paraná, área de concentração Processos Comunicacionais; Universidade Estadual de Londrina, área de concentração Comunicação Visual; Universidade Federal do Paraná, área de concentração Comunicação e Sociedade; e Universidade Estadual de Ponta Grossa, área de concentração Processos Jornalísticos).

Ao canalizar uma demanda específica de formação em nível de pós-graduação e prezar pela capacitação de pesquisadores comprometidos com o desenvolvimento de reflexões que dialogam com o Jornalismo, o Programa de Mestrado em Jornalismo tem buscado desenvolver ações de fortalecimento da pesquisa na área, por meio de intercâmbios com outras instituições e parcerias com os demais programas que se aproximam do seu campo de atuação.

 

Concentration Area: Journalistic Processes

The concentration area - structured in two lines of research (LP1: Journalistic Production Processes and LP2: Journalistic Processes and Social Practices) - search to contemplate both aspects related to the epistemology of Journalism, with theoretical and conceptual bases situated in the dynamics, productive routines and aspects of media production, as also the relations of journalism with other fields of knowledge, valuing the interfaces of communication with social representations. The two lines of research converge in the study of the internal and external dynamics of journalism, offering different and complementary views in the observation of (communicational) journalistic phenomena.

 

Historic

The Postgraduate Program in Journalism (Mater's Degree) in Journalism at State University of Ponta Grossa (UEPG), concentration area journalistic processes, was authorized by Capes in 2012 (Propose APCN 7334), starting the activities in the first semester of 2013.

The approval of the program was a result of the consolidation of UEPG journalism graduation course. Existing since 1985, the course has outstanding performance in the area of Communication by the trajectory in defense of the quality of higher education, the work of its faculty in communications research and the participation in the local community through extensionist projects and the support to the community and citizen media.

The Master's Program in Journalism, the first in Paraná and the second in Brazil, has been recognized since the beginning of the challenge of integrating postgraduate and undergraduate, maintaining lines of research with expressive participation of students of scientific initiation and volunteer researchers. Likewise, without disregarding the trajectory in undergraduate education, has promoted the integration between research and extension actions, in order to qualify the reflections around the experiences of journalistic production and insertion in the local community.

 

Journals

The Postgraduate Program in Journalism publishes three specialized journals in the area:

The Revista Internacional de Folkcomunicação (available in http://www.revistas.uepg.br/ ), edited in UEPG since 2004, is produced by the UEPG Master's Program in Journalism, in partnership with Rede de Estudos e Pesquisa em Folkcomunicação (Rede Folkcom) and Cátedra UNESCO / UMESP de Comunicação. With semiannual periodicity, the Revista Internacional de Folkcomunicação has a Qualis B-3 concept.

Another publication is the Revista Pauta Geral – Estudos em Jornalismo ( http://www.revistas2.uepg.br/index.php/pauta ), created in 2014 with semiannual periodicity, the publication has the objective to disseminate studies and research in journalism, whether as a result of research completed or in progress, seeking to strengthen the journalistic field also at the postgraduate level in Brazil.

The Program also has participation in the publishing of the Revista Brasileira da História da Mídia ( http://www.ojs.ufpi.br/index.php/rbhm/index ), whose main objective is to disseminate research that focuses on the relationship between media and history in order to encourage research in this area of knowledge. The journal is a publication of theAssociação Brasileira de Pesquisadores de História da Mídia and has a biannual periodicity, being evaluated as B-2.

The Program registers work with the main scientific entities of the country and has invested in partnerships with other educational institutions in Brazil and abroad to strengthen the research developed by the groups.

 

The UEPG region

The State University of Ponta Grossa has completed 46 years of existence in 2016. The institution is located in the Center-South region of the State and covers 22 municipalities in this area of influence. UEPG was created by the Government of the State of Paraná, through Law no. 6,034, dated November 6, 1969, and Decree No. 18,111 of January 28, 1970. It is one of the most important institutions of higher education in Paraná. UEPG currently has 40 undergraduate courses in the most diverse fields of knowledge and 35 graduate programs, of which 25 are masters degree (22 academics and 3 professionals) and 10 are PhDs.

The Master's Program in Journalism reveals its importance in the context of the institution and the academic qualification in the area when considering a framework of scientific development that contemplates the following aspects:

a) The quality of higher education (undergraduate and postgraduate) in the UEPG;

b) the demand of professionals trained in Communication per year in the state of Paraná (about 550 professionals per year);

c) Of this total number of graduates per year in Paraná, the Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Estado estimates that 450 journalists are trained by the 22 Institutions (IES) that hold journalism courses in Paraná;

d ) the geographic location and the thematic axis of the postgraduate programs in Communication in the State (four programs in the following institutions: Tuiuti University of Paraná, concentration area Communication Processes, State University of Londrina, concentration area Visual Communication, Federal University Paraná, Communication and Society, and Ponta Grossa State University, Journalistic Processes).

By channeling a specific demand for postgraduate training and appreciating the training of researchers committed to the development of reflections that dialogue with Journalism, the Master's Program in Journalism has sought to develop actions to strengthen research in the area through of exchanges with other institutions and partnerships with other programs that are close to their field of activity.