PROJETOS EXTENSÃO

  • Projeto: Agência de Jornalismo
    Coordenação geral: Prof. Sérgio Luiz Gadini e-mail: sergiogadini@yahoo.com.br
    Resumo: Esse projeto tem o propósito de estruturar uma Agência de Jornalismo atrelada ao Departamento de Comunicação da Universidade Estadual de Ponta Grossa, a fim de envolver os alunos do curso, de forma ininterrupta, na produção de material jornalístico, incrementando as suas atividades laboratoriais.
    Atividades desenvolvidas: Realização de projetos jornalísticos nos diferentes meios (impressos, sonoros, audiovisuais e on-line), atendendo às solicitações da comunidade local, envolvendo grupos de alunos sob a coordenação de um professor responsável.
  • Projeto: “Jornal UATI”.
    Coordenação: professora Vanessa Saboia Zappia
    Supervisão: professora Rita de Cássia da Silva Oliveira.
    Resumo: Produção de jornal tablóide segmentado, voltado para os integrantes da Universidade Aberta da Terceira Idade da UEPG (UATI), com notícias da área, artigos e entrevistas, que possibilitem maior visibilidade às ações da UATI e promova a integração entre alunos, ex-alunos, professores, profissionais e técnicos envolvidos nas ações específicas para a terceira idade. O jornal terá periodicidade bimestral e será executado pelos alunos do Curso de Jornalismo da UEPG que, inseridos na UATI, atenderão as necessidades de informação daquele grupo.
  • Projeto: Portal Comunitário: um serviço de informação e comunicação das comunidades e movimentos sociais de Ponta Grossa
    Coordenação: professora Cíntia Xavier
    Resumo: Com a reedição do projeto, pretende-se dar continuidade à publicação do Portal Comunitário – site que articula produção jornalística e prestação de serviços dentro dos princípios da comunicação comunitária –, por meio de um trabalho que integra ação extensionista (de professores e alunos da universidade) , exercício interdisciplinar (vinculado a quatro disciplinas do curso de Jornalismo) e participação da comunidade (em torno de 40 grupos: associações de moradores, sindicatos de trabalhadores e outras organizações populares e movimentos sociais). Após a ampliação/consolidação do conjunto de grupos feita nos 18 meses de desenvolvimento do projeto (criado em agosto/2008) e a estruturação do veículo (projeto editorial, design/navegabilidade), a edição 2010 vem acrescentar três elementos que visam a ampliar a participação, tanto dos parceiros da comunidade e dos usuários em geral do site quanto dos membros da própria equipe de extensão: 1) busca de uma maior intervenção dos grupos/entidades, por meio de um programa de qualificação dos mesmos para a comunicação comunitária e da formação de um conselho editorial para o veículo; 2) busca de uma maior participação online, seja por meio dos mecanismos simples de interatividade (comentários, envio de sugestões de pauta ou de informações para a seção de eventos, posts em fóruns, entre outros), seja com a produção e envio de conteúdos (fotos e textos num primeiro momento) para o espaço colaborativo do site; e 3) busca de descentralização e mais dinamicidade no âmbito do trabalho da equipe, com a distribuição de responsabilidades por meio da consolidação dos grupos internos de trabalho (GTs) criados no final de 2009. Com ênfase nestas três linhas de ação, pretende-se neste momento um ganho mais qualitativo que quantitativo como resultado da ação extensionista.
  • Projeto: “Radioweb-UEPG: uma proposta educativa para divulgar cultura, ciência e tecnologia”
    Coordenação: professora Zeneida Alves de Assumpção
    Resumo: A reedição desse projeto tem como escopo incentivar os acadêmicos de Jornalismo extensionistas à construção de programas jornalísticos, educativo-culturais e entretenimento para a Rádioweb-UEPG, priorizando alguns formatos dos gêneros radiofônicos: Jornalístico (nota, drops, boletim, radiojornal, debate, mesa redonda, programas de entrevistas, documentário-jornalístico, esporte e divulgação tecno-científica); Educativo-Cultural (audiobiografia, documentário educativo-cultural, programa temático): Especial (programa infantil e programa de variedades); Entretenimento (programação musical, programas interativos, drops e eventos culturais). Pretende-se, através dessas produções a democratização e socialização da ciência, tecnologia, cultura e das demais informações acessadas pela rádio, atendendo assim, as funções precípuas que norteiam a emissora radiofônica educativa-universitária: informar, entreter e educar. A produção radiofônica respalda-se na produção de textos (escritos e orais), envolvendo a linguagem, as rotinas produtivas radiofônicas e leitura crítica dessa mídia. Assim, os envolvido nessa proposta, poderão compreender ainda, que a mídia radiofônica como as demais mídias constroem e editam a realidade. Daí, o relevo de atuação, em conjunto: acadêmicos, coordenadora, e técnico em áudio. É imperiosa, nesse momento, a reedição do referido projeto para a continuidade da Radioweb-UEPG.
  • Projeto: Fotorreportagem UEPG
    Coordenação: professor Carlos Alberto de Souza
    Resumo: O projeto se propõe a produzir um site de divulgação sobre temas de interesse da sociedade pontagrossense. A produção de informações sobre o patrimônio histórico, artístico, cultural, natural e social do município, principalmente por meio do fotojornalismo, envolverá reportagens sobre festividades, religiosidade, cultura, artes, história, desenvolvimento regional e questões sociais. A proposta, além de contribuir para o aprimoramento da formação acadêmica, já que os alunos serão os artífices da nova página na Internet, vai representar um espaço importante de produção jornalística que tem por objetivo apresentar e repercutir temas de interesse social.
    Com esta iniciativa, o Departamento de Comunicação e o curso de Jornalismo da UEPG proporcionam uma alternativa diferenciada de comunicação à comunidade. Tendo em vista que a ferramenta ficará hospedada na web, o alcance da iniciativa ultrapassará os limites do município, contribuindo para divulgar Ponta Grossa no cenário nacional e internacional. A princípio, a página será atualizada mensalmente. À medida que a proposta for sendo consolidada, pretende-se reduzir o intervalo das atualizações.
  • Projeto: Boletim digital fotojornalístico da cultura em Ponta Grossa
    Coordenação: professor Rafael Schoenherr
    Resumo: O projeto prevê produção, circulação e desenvolvimento de boletim informativo digital diário com foto-legenda dos principais momentos da cena cultural em Ponta Grossa, com vistas a fortalecer o teor informativo e, portanto, qualificar o campo cultural no município. Pretende-se, desse modo, registrar em imagem manifestações e aspectos do circuito cultural local. Procura-se oferecer o serviço de um banco de imagens regularmente atualizado dos acontecimentos ligados a atores, espaços e iniciativas do campo cultural. A atividade proposta permite conciliar o desdobramento laboratorial da disciplina de Fotojornalismo com a oferta de serviço informativo de orientação e memória a freqüentadores e interessados na programação cultural da cidade. A elaboração do boletim digital projeta a docentes e discentes envolvidos uma interface a ser pesquisada e discutida entre formatos do jornalismo digital, do jornalismo cultural e do fotojornalismo. Ao passo que que as instituições e os atores promotores ou organizadores do circuito passam a dispor de acompanhamento mais sistemático da esfera informativa, por meio de imagens, de suas iniciativas. Os usuários das opções culturais locais devem ser contemplados, dadas as amplas possibilidades de circulação da web, com orientação sobre a agenda cultural recente e estímulo à identificação e participação nos espaços de manifestação cultural.
  • Programa ADE: um programa televisivo de caráter cultural em parceira com a TV Comunitária de Ponta Grossa
    Coordenação: Paula Melani Rocha
    Resumo: busca oferecer aos alunos do curso de graduação de Jornalismo da UEPG a oportunidade de aplicar na prática as teorias que envolvem o jornalismo e vivenciar a rotina produtiva de um programa de televisão, em todas as suas etapas (produção, edição e veiculação), bem como as relações com os pares profissionais e fontes. Todo o processo será supervisionado pelos professores responsáveis.
    O programa será quinzenal e irá focar temas relacionados à cultura, entendendo o conceito de cultura sob a perspectiva antropológica, a qual envolve as dimensões da linguagem, do simbolismo, do comportamento, da cognição, do espaço, do tempo, enfim, refere-se a uma complexidade de aspectos que incluem conhecimentos, arte, leis, costumes, comportamento e hábitos adquiridos pelo indivíduo enquanto membro de uma sociedade.  Nesse sentido, há um leque muito amplo de assuntos que o Programa Ade! pode abordar relacionados direta ou indiretamente à nossa comunidade, se propondo a cumprir as metas de um projeto de extensão, ou seja, associar o ensino e a pesquisa a serviço da sociedade.
    O programa será veiculado na TV Comunitária, canal 96, e o público alvo serão os moradores de Ponta Grossa que tem acesso à TV a cabo. O Ade! terá 24 minutos de produção, distribuídos em três blocos com 8 minutos cada e dois intervalos com 3 minutos cada um.
  • Cultura Plural: Espaço de Visibilidade, Interação e Memória para Artistas e Grupos Culturais Populares da Região dos Campos Gerais
    Coordenação: Karina Janz Woitowicz
    Resumo: O projeto “Cultura Plural”, desenvolvido na cidade de Ponta Grossa e região dos Campos Gerais do Paraná desde 2011, propõe a produção de conteúdos para o site www.culturaplural.com.br, que busca dar visibilidade às ações, criações artísticas e interações sociais de grupos culturais populares, assim como a produtos e atividades feitos por moradores dos Campos Gerais já inseridos ou não no circuito cultural local.
                Dentro do entendimento de cultura como construção contínua e da compreensão da importância da história no processo de configuração da identidade cultural, a ideia do site é se constituir também como espaço de registro, visando não só à preservação, mas à criação de uma memória viva, disponível e acessível a todos, em qualquer momento e lugar. Ao mesmo tempo, tem o propósito de favorecer o acesso do maior número de pessoas à diversidade cultural local, oferecendo não apenas informações sobre eventos e obras, mas buscando possibilitar também contato e fruição, atentando-se aos critérios de acessibilidade e utilização dos amplos recursos que a internet oferece.